Tradutor do futuro: Travis promete traduzir até 80 línguas simultaneamente

Eletrônico reconhece até 80 idiomas e traduz em tempo real (Foto: Divulgação/Travis Translator)A inovação do momento é Travis, um tradutor portátil com reconhecimento de voz e inteligência artificial que promete reconhecer até 80 idioma, em tempo real. O dispositivo tem como intuito ajudar em conversas entre estrangeiros, em uma reunião internacional ou em situações em que o usuário ainda está aprendendo uma nova língua.

O aparelho tem uma pequena tela touch para selecionar os idiomas que serão traduzidos. O modo online, ativado via Bluetooth, Wi-Fi ou 3G, este último com ajuda de um cartão SIM, oferece todas as línguas. Já a função offline permite identificar 20 dialetos mais populares como inglês, português, espanhol, francês, mandarim, árabe e alemão.

Travis, tem a a capacidade de fazer sua bateria durar até 7 dias no modo de espera, 12 horas offline ou 6 horas online. Há ainda um processador Quad-Core para organizar as informações e conversas sem deixar o usuário sem o suporte da tradução ao vivo.

Aparelho funciona em modos online e offline e tem suporte para português brasileiro (Foto: Divulgação/Travis Translator)

De acordo com a fabricante, um gadget exclusivo para tradução é mais vantajoso que um app para smartphone, pois permite um contato visual com quem está falando. No Google Tradutor, por exemplo, o usuário pode passar por problemas ao precisar ativar cada frase ou conversa no celular.

O Travis oferece microfones embutidos com cancelamento de ruído e permite conectar fones de ouvido com fio ou sem. Neste caso, os desenvolvedores apontam para a possibilidade de conectar dois fones ao mesmo tempo para que a conversa fique mais privada, mantendo a tradução em tempo real para os dois usuários.

Com capacidade de traduzir até 80 idiomas, Travis já bateu a meta de financiamento no Indiegogo e está à venda por R$ 405 (cerca de US$ 129). O frete para o Brasil é de R$15 (US$ 15) e as entregas estão previstas para começar em junho de 2017.

Giovanna.